Início Artigos Sorriso de Criança…

Sorriso de Criança…

0
Laton

O projecto “Sorriso de Criança”, de Laton e amigos, fez mais uma “escala” na escola da Associação Mulemba, no Dia da Criança Africana.

A escola da Associação Mulemba estava repleta de crianças. Nem todas eram alunos. Miúdos e graúdos, de um dos mais bairros mais carenciados de Luanda, aguardavam ansiosamente pela chegada de Laton, o vocalista dos Kalibrados, e os restantes membros do projecto Sorriso de Criança — Jackson Lucas, José Ramos Filho, Jairo Ramos, Lia Campos e João Gaspar.

Quando a equipa chegou à escola já o cenário estava montado. O recinto foi manifestamente pequeno para acolher tanta gente.

A organização sentiu algumas dificuldades para controlar as crianças e deixar uma clareira suficientemente grande para o artista actuar.

“O problema da escola ter as vedações destruídas é que entra aqui toda a gente”, lamentava Françoise Sohm, a “alma” da Associação Mulemba, atordoada com os elevados décibeis da aparelhagem. Para logo a seguir rectificar: “por outro lado é tão bonito ter aqui tanta gente”. É mais um sinal que a Associação Mulemba está a ter um impacto positivo na comunidade.

Crianças em lista de espera

A festa realizada na manhã de dia 16 de Junho, dia da Criança Africana, valeu por esses contrastes. Alunos da escola, impecavelmente vestidos para a ocasião, misturados com outras crianças do bairro que, possivelmente, não tiveram a sorte de frequentar a escola.

Confusão por um lado, alegria por outro. Laton, esse, irradiava felicidade pela recepção entusiástica do público, que se comportou como se de um concerto ao vivo se tratasse. O popular cantor, de baixa estatura e grande coração, cantou — em coro com as crianças,— êxitos do momento de Big Nelo, Yannick, Agre G e, obviamente, dos Kalibrados. Foi o que bastou para colocar a “pequena-grande” multidão em delírio.

Após a actuação seguiram–se as palavras alusivas à data de Ngoma Emiliana, a “doutora Mimi”, directora–geral da escola, e de Hossy, professor de informática e um ex-aluno da escola. O caso de Hossy é particularmente emotivo. Foi um dos primeiros miúdos a sair das ruas e a ser acolhido no lar. A Associação Mulemba pagou-lhe os estudos e hoje lecciona informática na escola que o viu crescer. “Todos podemos contribuir para a causa das crianças desfavorecidas”, diz Laton.

Regresso em setembro

Esta foi a segunda doação do projecto Sorriso de Criança. A primeira foi realizada no início de Junho, no centro de acolhimento Mama Muxima, em Luanda, onde foram doados alimentos, produtos higiénicos e outros bens de primeira necessidade, no valor de 400 mil kwanzas.

Na Associação Mulemba onde estudam 800 crianças, a doação incluiu material escolar diverso e material para uso recreativo como bolas de futebol, voleibol e basquetebol. Tudo no valor de 560 mil kwanzas.

Recorde-se que o projecto Sorriso de Criança é de iniciativa particular, não tendo qualquer tipo de patrocínios empresariais. Segundo Laton, “visa não só ajudar as crianças desfavorecidas como apelar à consciência social de todos os angolanos. Todos podemos fazer um pouco mais para atenuar as dificuldades das crianças”, diz. Na prática o projecto consiste em perguntar às instituições quais são os bens materiais — alimentos, vestuário e calçado, material didáctico e recreativo — que fazem falta. De seguida os elementos do grupo compram esses bens e o acto da doacção é assinalado com uma festa.

O projecto vai ser interrompido em Julho e Agosto devido à digressão internacional dos Kalibrados, agora reduzidos a três elementos. Depois do êxito em Angola a banda prepara–se para “arrasar” Portugal. Entre os concertos agendados destaca-se a actuação no famoso Festival Sudoeste, na costa alentejana. Seguem-se Espanha, França e Bélgica.

“Quando regressarmos tenciono reestruturar o projecto. Passar para uma segunda fase, com mais staff, mais profissional. Uma das ideias que tenho em mente é a de passar uma tarde com as crianças no Estádio dos Coqueiros, animando várias actividades — música, pintura, desporto, etc. — de modo a descobrir futuros talentos”, diz o cantor que tem o dom de colocar as crianças a sorrir.

À descoberta de novos talentos

A partir de Setembro o projecto Sorriso de Criança vai entrar numa segunda fase. “Uma das ideias que tenho em mente é a de passar uma tarde com as crianças, no Estádio dos Coqueiros, animando várias actividades — música, pintura, desporto, etc. — de modo a descobrir futuros talentos. Na Associação Mulemba, como se vê, há vários candidatos.


Fonte: Mwangole.Net

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here