Início Destaques Mente Mágika Confirma Ser o Rei do Rompimento Em Angola

Mente Mágika Confirma Ser o Rei do Rompimento Em Angola

0

rrpl - fly skuad

RRPL Final da Terceira Temporada

27 de Setembro, será mais uma data memorável da história deste projecto pensado e dirigido por Fly Skuad e agora com parceria do canal Jango Magic da DSTv.

Este show, põe fim a Terceira Temporada desse projecto, e como não podia deixar de ser, era necessário fechar com chave de ouro com uma batalha estrondosa como a que colocou frente-a-frente o Mente Magika, que nesta final foi patrocinado pela SOBA, e Punchlinero.

Antes dos Mcs entrarem na arena, como não podia deixar de ser, houve actuações de alguns Rappers que aproveitaram a ocasião para mostrar os seus trabalhos, tais como o S-Bruno, Massacre entre outros.

Tivemos também o privilégio da presença de algumas figuras do Rap e Rnb Angolano, tais como Cfkappa, CEF e Francis Aka Mc Cabinda, este último que brindou o público com o seu verso do Cypher. Contudo, a tarde no Elinga foi antes brindada com duas grandes batalhas a primeira entre o JC vs Rigoroso e a segunda entre Bruno MC Vs Tchiwanga. Foram duas grandes batalhas.

JC Vs Rigoroso

JC é um MC proveniente da província do Namibe, trouxe a garra toda do deserto e cuspiu com toda agressividade de uma tempestade de areia no primeiro Round. Até aí viu-se que o JC estava preparado, linhas bem feitas, escritas e preparadas para a ocasião, mas o seu adversário foi “Rigoroso”, e mostrou que numa batalha de rompimento como na RRPL qualquer MC deve estar preparado para tudo.

Rigoroso trouxe métrica, flow, Freestyle, capacidade de resposta das linhas do adversário feitas na hora, linhas rigorosas e assassinas e despejou todas para cima do seu adversário que ao longo da batalha, tentou desistir varias vezes, erguia-se com o apoio do publico (grande props para o publico da RRPL, sempre apoiando os gladiadores), mas voltava a cair por varias vezes.

Como havia sido anunciado as primeiras batalhas não seriam comentadas ou votadas pelo corpo de jurados o que ficaria a critério do público a atribuição da vitória a um dos MCs, sendo assim, a titulo pessoal , a equipa Cenas Que Curto atribui a vitória ao Rigoroso.

Bruno Mc Vs Tchiwanga

Segunda batalha, colocou na arena, dois Mcs com alguma experiencia na vida das batalhas de rua. Foi uma batalha equilibrada ao nível dos dois Mcs, o Bruno Mc no seu estilo particular, abriu a batalha, por sua vez o Tchiwanga esteve a altura dos versos cuspidos pelo seu adversário, apresentando-se firme e com contra ataques que destronaram as defesas do Bruno Mc. Mas no final, Bruno conseguiu superar o seu adversário nos dois últimos Rounds e na nossa opinião venceu a batalha.

Mente Mágika Vs Punchlinero

A tão aguardada batalha da final da terceira temporada da RRPL começou por volta das 19 horas e alguns minutos e levou-nos até por volta das 20 horas. Foi uma batalha digna de uma final coma dimensão do que a RRPL representa no Hip Hop nacional. Foi uma batalha épica, podemos dizer que é a melhor final da história da RRPL até hoje, valendo a pena o tempo de espera, os atrasos e alguma desorganização.

Vamos a batalha. Meus amigos, não teria espaço suficiente pra expor aqui o quão boa foi esta batalha, então prefiro defini-la como um exemplo que quase o mundo todo conhece. Levo-vos para a terceira guerra mundial, como é histórico o Japão (Punchlinero) com o ataque aos Estados Unidos (Mente Mágica) no famoso Pearl Harbor isso no primeiro Round, mostrou toda a sua capacidade bélica sobre o coração do exercito dos Estados Unidos, em forma de resposta a super potência Estados Unidos (Mente Mágica) soltou duas bombas nucleares nas regiões de Hiroshima e Nagasaki causando danos irreparáveis sobre o adversário no segundo e terceiro round.

Vitoria esmagadora do Mente Mágica digna do Rei do Rompimento da Primeira Liga 2015, atribuída pelo Juri que foi constituído pelo Kid MC o “Sombra”, Lil Jorge “O Real Camarada”  e God G.

Fica aqui a nossa nota negativa a organização, pelo excessivo atraso, duas horas e alguns minutos, e por alguma desorganização em lidar com o publico que fica no palco.

Nota positiva para as batalhas que acompanhamos, nota positiva para o som e iluminação para o nível do espetáculo esperado.

Texto Por: Lmbreguet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here