Início Destaques Djonga Vs. Estraca : o Planeta é nosso?

[Versus] Djonga Vs. Estraca : o Planeta é nosso?

0
- Publicidade -Damani Van Dunem - BlyRay Quid Pro Duo

A rubrica “Versus” parou por um bom tempo, mas é altura de trazer de volta os versos interessantes de rappers da lusofonia.

Para voltar em peso, escolhi dois rappers da nova escola. Sim, a nova escola famosa pelo trap, por muitas vezes esquecer do conteúdo e apostar na estética das músicas, sim. Mas a nova escola tem talentos com potencial inegável e com projectos que tornaram-se bastante respeitados em pouco tempo.

Vamos aos “versus”?

Do Brasil vem um dos novos valores mais intrigantes: Djonga. Capaz de cantar num beat de Funk, Samba, Trap… o que for, Djonga é extremamente polivalente. O rapper de Belo Horizonte ficou muito mais conhecido no Brasil, quando o seu álbum de estreia “Heresia” foi votado como o melhor de 2017 na Revista Rolling Stones. No entanto, a música escolhida não vem desse álbum, decerto que uma delas estará no “Versus” brevemente. “Eterno” é a música escolhida para a coluna de hoje, uma música extraída do álbum “O Menino Que Queria Ser Deus“, um dos mais aclamados álbuns de RAP no Brasil em 2018.

Eterno é um hino à vida, é um alerta para todos que esperam por um sinal para “começar a viver”. Uma música motivacional, que aponta os erros e acertos dos “seres humanos”, o autor coloca-se no centro da acção, assumindo as suas falhas…

Versos marcantes:

Dizem que eu sou da nova golden era
Meu coração de gold era, agora é de lata
Já me esqueci que nem Dori,
hoje procuro Dorothy
Pra me lembrar se ainda sei amar
Só quem tem coragem pro início
Sabe o peso que é parar
E só na hora que a canoa vira
Que você lembra que sabe nadar,
é e eu crio e destruo, prometo e não cumpro
Pareço e destôo, eu sujo e não limpo
Sou humano, escondo meus erros com meu capuz
Sou humano, e o último a sair apaga a luz” || Veja a letra completa.

Música+Letra


Do outro lado temos o jovem de 21 anos, “Estraca“,  com certeza um dos mais promissores da nova escola do rap em Portugal. Em 2016 tive a chance de ouvir o seu primeiro álbum “Compilação” e via-se ali um talento à ter em conta… O “novato” tem letras em que partilha conhecimento com a nova geração, mostra que conhece bastante da história do RAP Português e não só, é comum nas suas letras encontrar referências à grandes nomes do RAP em Portugal.

A música escolhida é “Planeta Novo“, lançada em 2017 é um dos cartões de visita de Estraca, nesta música o autor fala de problemas sociais mais candentes… uma grande obra de intervenção social.

Versos marcantes:

São tantos os produtos
Adultos querem estatutos
Vida humana é secundária
Importante é ver os lucros
Magnatas e corruptos
A escola formando incultos
Vá lá, metam consciência na cabeça desses putos
Mentira é tanta
Muita conversa santa
Atentados na Europa
Tudo chora e se levanta
Africanos vão morrendo
Mas sobre isso ninguém canta
” || Veja a letra completa.

Vídeo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here