Início Artigos 14 Dicas Para Que Os MC’s Deixem de Se Auto Sabotar

14 Dicas Para Que Os MC’s Deixem de Se Auto Sabotar

0

Inspirado na matéria do blog do meu mano Anderson Hebreu (www.noticiario-periferico.com) decidi partilhar 14 dicas de como os MC’s podem lutar contra a auto sabotagem.

O foco deste artigo é no trabalho que os MC’s têm na divulgação dos seus conteúdos, olhando para aquilo que é a minha experiência como Blogger, mas poderá sempre ser útil em outro campo qualquer da vida.

Auto Sabotagem

Tem se dito que “quando somos nós que contribuímos inconscientemente para que tudo aconteça de errado, dá-se o nome a isto de auto sabotagem ou auto boicote.”

Auto sabotagem provoca prejuízo, mas nem sempre a pessoa se dê conta do que está a fazer contra ela mesma, geralmente culpa o destino ou outras pessoas por tudo que acontece.

Quem muito reclama… muito sofre!

 

1 – Reclamar e nunca agradecer

Existem pessoas especialistas em relações humanas. Eu certamente não sou uma delas, mas aprendi desde cedo que gentileza gera gentileza. Acredite que postar o link da matéria feita pelo blog no seu mural do Facebook, incentivando outras pessoas a visitarem ou com um simples obrigado, fará com que as tuas cenas sejam divulgadas neste blog com maior regularidade.

2 – Não criar um plano de divulgação

Ok, vou lançar uma mixtape amanhã e “Vum Pah“, como diria o Elenco de Luxo. Definir objectivos e daí traçar metas são fundamentais, o artista é uma empresa e como tal, precisa de estratégias. Se não sabes onde pretendes chegar, não saberás quando tiveres alcançado.

3 – Que ferramentas usar

Sabias que quem tem iPhone não consegue baixar a tua música no Mediafire? Sabias que a nova tendência é as pessoas ouvirem por streaming as músicas? Ahm não, então permita-te apresentar-te o SoundCloud, Youtube ou outra ferramenta que te permitirá estar em “todas”. Ou achas que a TRX tem sempre 1 link do Mediafire e outro do SoundCloud por vaidade? Investigue, não te contentes com o todos usam, existem várias ferramentas pouco exploradas, mas que podem ser muito úteis.

4 – Fazer lançamento surpresa

Quem és tu para fazer um lançamento sem anunciar? Prodígio que conseguiu mais de 150mil downloads em 24horas sem promo? Se a resposta a segunda questão for não, então sabes que precisas trabalhar muito para atingir este nível. Até lá, promove os teus trabalhos de forma organizada e nada de manias de grandeza. Vais lançar, prepara um plano de promoção para antes e depois do lançamento, e não fiques preso no mundo virtual hein.

5 – Imitar sem inovar

Os rappers têm a mania de imitar tudo e todos. Se algo funcionou com o MC X funcionará comigo também. Esqueça isto! Cada caso é um caso, o facto do Nga ter feito sucesso por lançar cerca de 10 mixtapes em 1 ano, não quer dizer que o mesmo acontecerá contigo. Deves estudar o mercado, analisar quem te ouve, verificar que recursos tens, e mais uma vez, planear e ir emendando o teu “projecto” a medida que uma das metas falhar, de formas a alcançares os teus objectivos. Podes imitar, acredita que isto não é sinal de fraqueza, mas não te esqueças que deverás inovar, de formas a adequar a tua realidade, que certamente não é a mesma do Nga.

É fácil fazer isto? Não! Se fosse eu seria Rapper e não Blogger.

6 – Gestão das Redes Sociais

Em Angola temos a mania de diminuir o poder que a Internet tem pelo facto de menos de 10% da nossa população ter acesso a mesma. Faz um pouco de sentido, mas na minha opinião é mesmo só um pouco. Hoje temos em Angola “fenómenos” que se fizeram na Internet, como Nga e TRX, a lotarem salas e a fazerem tours pelo país. Mas isto porque eles procuram gerir da melhor forma as redes sociais que têm. Ter um perfil e não uma página no Facebook, por exemplo, é um dos erros que a maioria tem cometido. E lembra-te sempre que redes sociais não se limitam a Facebook e Instagram.

Usa o perfil para a tua vida pessoal e a página para questões profissionais, acredita, ganharás muito com isto. Ahm, e mantém actualizada a tua página.

7 – Mendigar por feedback 

Não existe melhor forma de conseguir um falso feedback do que mendigando feedback. É normal que após o lançamento de uma faixa ou projecto, o dono esteja louco para saber o que os outros acharam, mas se não queres receber um falso “está dope”, “yah boa vibe”, “este é o caminho”, então espera um pouco. Tens que procurar formas que criar curiosidade nas pessoas em ouvir o teu trabalho e o feedback virá de forma natural. Nada te impede de ir tentando saber sem forçar a barra o que os outros acharam do teu trabalho, mas já sabes o risco que corres.

E claro, vale lembrar que gosto é algo pessoal e limitado, então não esperes que o feedback seja algo que tens em mente, ele irá variar, uns vão adorar, outros detestar e outros tantos não sentirão nada, o que é completamente normal. Aprenda a lidar com isto.

8 – Enviar seu material por qualquer via

Cada blog, Programa de Rádio ou TV, tem um procedimento de como deverá ser enviado o material para divulgação . O interessado em divulgar deverá inteirar-se sobre os mesmos e procurar cumpri-los a risca. Pegar links e enviar pelo Whatsapp ou por mensagem no Facebook, são formas de espalhar, mas para um Blogger não significam nada, a não ser que tenha sido autorizado.

Envie para todos os blogs que quiseres, mas se possível, de forma diferente. O kit básico para enviar uma sugestão de post para um blog é: 2 Fotos no mínimo (profissionais de preferência), Descrição do conteúdo (Ninguém tem que adivinhar do que se trata) e link de 2 servidores diferentes (quando aplicável).

Se calhar vais achar muito trabalho. Ok, tens razão, continue desorganizado que o mural do Facebook estará sempre aí para as tuas lamentações.

9 – Meu trabalho está nos Blogs e basta

Por incrível que pareça, muita gente ainda se limita aos Blogs e Redes Sociais. Existem várias médias de Rap que podem contribuir na divulgação do trabalho, mas alguns artistas ainda acham que só o Facebook e os Blogs divulgam Rap, não te limites. A internet funciona muito bem para uns, e muito mal para outros, por isso explora ao máximo todas as opções que tens.

Num levantamento que fizemos, notamos que existem mais de 10 programas de rádio dedicados ao Hip Hop em Angola. Quantos deles sabias da existência? Já tentaste divulgar em quantos deles? Como o fizeste? Como diria e bem o grande Raf Tag, o Hip Hop Angolano reclama de barriga cheia.

10 – Investir no trabalho

Sim, é isto mesmo. Existem artistas com recursos financeiros limitados, mas as pessoas podem administrar os gastos e investir melhor na divulgação (média paga, impulsionamento e afins). Este investimento é fundamental para um bom resultado. É errado pagar? Não sei, mas dependendo dos teus objectivos se calhar é uma boa opção.

11 – Analise ao “fracasso”

Estou mais do que habituado ver os artistas a atirarem para todos os lados quando não atingem os seus objectivos, sem parar para analisar onde poderá ter falhado. Nenhum Blogger, Jornalista é obrigado a divulgar o teu trabalho. Claro, assumindo um compromisso com o Movimento, os Blogs de Hip Hop (se é que isto existe) acabam sendo obrigados a divulgar Hip Hop, mas por se tratarem de Blogs, têm a liberdade para escolher o que querem ou não divulgar. O nosso sucesso não pode e nem deve depender dos outros…

12 – Um artista é uma empresa

Um artista é uma empresa, sendo assim, é necessário que ele separe a pessoa física da jurídica. Vejo vários talentos se perderem por falta de dedicação e organização, só o amor ao Rap não é suficiente para se manter no mercado. Como diria Raphão Alaafin.. “Talento é Trabalho”.

Dedique algumas horas para cuidar da carreira, estude, o aperfeiçoamento não pode se restringir a sua arte, se aprimore em como fazer a gestão da sua empresa, produzir, divulgar, vender. Quem não é visto não é lembrado, é clichê, mas é a mais pura verdade. E não fiques focado apenas em views e downloads, isto pode ser comprado. Se preocupem com a qualidade do que apresentam, pois isto fará as pessoas procurarem ou esperarem o seu próximo trabalho, e se fores organizado voila. E lembre-se sempre, nenhuma empresa sobrevive sem investimento.

13 – Gestão de recursos

Não interessa os recursos que tenhas disponíveis, se não fizeres uma boa gestão dos mesmos de nada te servirá.

Analisar que recursos temos disponíveis e investigar como tirar o máximo de proveito deles é uma boa forma de darmos passos significativos. Ter uma página do Facebook com 30mil Likes ou 10mil seguidores no Twitter ou Instagram, de nada te serve se não interagires com quem te acompanha. Aprende que as redes sociais acabam destacando os conteúdos dos usuários mais activos, não apenas os mais seguidos.

Hoje encontramos tudo na Internet, então temos que aproveitar isto e usar a nosso favor.

14 – Seja disciplinado

O sucesso não tem uma receita exacta, mas certamente a disciplina é um dos ingredientes. Para ser mais disciplinado, compare os seus resultados com as metas frequentemente. Primeiro passo é querer ser disciplinado e o segundo passa por seguir regras básicas como ser pontual, seguir os passos planeados, respeitar regras e por aí. São conceitos básicos, mas que certamente te levarão para frente.

Pare de choramingar a toda hora, é hoje de agir.


Existem outras tantas formas de evitar a auto sabotagem, no final só depende de cada 1 de nós, pois cada caso é um caso, e com uma boa analise e ouvindo quem nos acompanha, ficamos a saber onde temos falhado sem notar…

Como extra, pode ainda ler o artigo do Cfkappa 8 Passos Para Rappers Independentes Terem a Sua Música Ouvida” de 2014, mas que continua bem actual.

Comentários

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here